segunda-feira, 31 de julho de 2017

Rio de memórias

As memórias são como um rio
Está fluindo, calmamente, sem interferir
Até que decidem se transformar em turbulência
Aí não tem mais quem segure
É lembrança que aparece para todo lado
Encharcando e inundando de emoções
O nosso ser...
                Sem barreira...
                                   Sem barragem...

Nenhum comentário:

O segredo de seus olhos

  Seus olhos, um vitral, o mais agradabilíssimo de se ver.   Seus olhos, um mistério, o que eu mais gostaria de entender.   Seus olhos,...