terça-feira, 25 de julho de 2017

Ser escritor

  Acredito que eu possa dizer que eu sou um escritor.
  Não porque passei a minha vida entre contos e poesias, escritos que até me renderam algum dinheiro, apesar de achar que isso não é o que define um escritor. 
  Um amontoado de papel,com capa e palavras, qualquer um pode fazer, mas não é qualquer um que pode tocar um coração, e isso que é ser um verdadeiro escritor.
  E por tocar um coração, não falo que seja romanticamente, embora também possa ser, mas é você emprestar uma centelha de sua visão, para as pessoas que se afinam com você, desde o vizinho da porta ao lado, até uma pessoa que mora no extremo oposto que você, e aí, vocês passam a se conhecer, ou melhor, se reconhecer.
  Ser escritor é ser vários dentro de um, sentimento multifacetado, pensamento empírico que desnuda um ser completamente. Ser escritor é desnudar-se.
  Não das roupas que envolvem um ser mortal de carne, mas desnudar o invólucro imortal que faz de cada um, um ser. 
  Ser escritor é ser único.
  Ser escritor é ser doador.
  Ser escritor é mostrar o mais do mesmo e o mesmo do mais.
  Os escritor de um escritor não mais dele depois de terminado, é sempre do leitor, por isso, ser escritor é sempre dar presentes, para todos, inclusive para si.
  É ser uma alma sensível, em meio a muitas outras, além disso, é mostrar sua sensibilidade. Ser escritor é se mostrar.
  É criar vida, por fim, personagens-pessoas que passam a habitar o nosso mundo, como se sempre estivessem existido, como se fossem nossos amigos, inimigos, amores e desamores.
  Enfim, ser escritor é ser criador.
  Criar vida da tinta, sentimento do papel. Tirar cor do branco e colorir a imaginação, com quem aceita compartilhar um novo mundo, um novo modo de ser.
  Ser escritor é muito mais do que encostar a caneta no papel e escrever.
  Ser escritor é sentir, viver, transmitir, mostrar, doar, amar, criar... 
  No final de tudo, ser escritor é ter a mente inquieta e tentar inquietar o que se encontra parado, sem vida... Ser escritor é renascer, transcender... É sempre renovar...
  

Da série: frase do dia

Ser escritor é, muitas vezes, a ideia parecer muito melhor na cabeça do que no papel.

O Retrato

  Era um olhar encantador.   Uma candura na forma de rosto de menina, de mulher, que conseguia esconder bem, todos os seus segredos. Era ...